Devido à alta demanda, alguns produtos podem ficar temporariamente indisponíveis e o tempo das nossas entregas poderão ser impactados.

Ir direto para o Conteúdo

Aplicação de Vacina

Drogaria São Paulo

Você sabia que além dos produtos de farmácia a Drogaria São Paulo oferece os serviços abaixo? Cuide da sua saúde com quem realmente entende.

Porque é importante se vacinar?

As vacinas são capazes de estimular nosso sistema imunológico a nos proteger contradoenças transmissíveis.

Ao receber a dose de uma vacina, anticorpos, que são verdadeiros agentes de defesa, são produzidos para lutar contra os agentes que provocam doenças infecciosas.

Assim, o papel da vacina é fazer com que tenhamos um primeiro contato com o agente infeccioso, que será administrado em uma forma enfraquecida ou totalmente desativada de maneira segura, com a finalidade de preparar nosso organismo para combate-lo caso aconteça de entrarmos em contato com ele no futuro.

A única forma de saber se uma pessoa sofre de hipertensão é aferindo a pressão arterial. Quem já sofre da doença tem de fazê-lo com maior frequência, de acordo com orientação médica.

Vacina para Gripe

A gripe é uma doença aguda infecciosa das vias respiratórias que é causada pelo vírus influenza,sendo mais frequente no inverno e em períodos de frio. Seus sintomas incluem febre, calafrios,tremores, dor de cabeça, dores no corpo, perda de apetite, tosse (em geral seca), dor de garganta e coriza, que duram cerca de uma semana.

A formulação da vacina contém proteínas de diferentes cepas do vírus Influenza definidas ano a ano conforme orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que realiza a vigilâncianos hemisférios Norte e Sul.

Nossa vacina contra a gripe é a quadrivalente, que protege contra quatro tipos de vírus Influenza – ela é composta por duas cepas do vírus Influenza A e duas cepas do vírus Influenza B.

Quem deve se vacinar: a vacinação da gripe é indicada para todas as pessoas a partir de 6 meses de idade.

Vacina para Febre Amarela

A febre amarela é uma doença viral aguda, ou seja, que se desenvolve rapidamente, e que causa surtos com periodicidade irregular. A infecção pode ser assintomática ou produzir desde sintomas leves até doença grave, levando a sangramentos, pele e olhos amarelos (icterícia) e à morte. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada ano são registradas nomundo mais de 30 mil óbitos por febre amarela— no Brasil, cerca de 30% das infecções têm esse desfecho.

Quem deve se vacinar: Crianças a partir de 9 meses de idade, adolescentes e adultos que vivem em regiões brasileiras classificadas como áreas de recomendação de vacinação, ou em viagem nacional/internacional de risco para a doença, ou com obrigatoriedade de comprovação da vacinação.

Obs.: para o caso de viajantes, a vacina deve ser administrada pelo menos 10 dias antes da viagem.

Vacina para HPV

Imagine um vírus tão comum, mas tão comum que quase todos os homens e mulheres serão infectados por um ou mais de seus inúmeros tipos. Assim é o papilomavírus humano (HPV),que causa verrugas genitais (ou condilomas) e também câncer.

Os vírus HPV são encontrados na região da vagina, ânus, pênis, bolsa escrotal e mãos. A transmissão se dá pelo contato da pele ou mucosa com a área infectada, o que é mais frequente durante a prática do sexo, mesmo sem penetração.

Vacina HPV Cervarix: protege contra infecções persistentes e lesões pré-cancerosas causadas pelos tipos de HPV 16 e 18, sendo indicada para a prevenção do câncer de colo de útero e do ânus. Quem deve se vacinar: meninas e mulheres apartir de 9 anos de idade, o mais precocemente possível.

Vacina HPV Gardasil: protege contra infecções persistentes e lesões pré-cancerosas causadas pelos tipos de HPV 6,11,16,18. Também previne o câncer de colo do útero, da vulva, da vagina, doânus e verrugas genitais (condiloma). Quem deve se vacinar: a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia(Febrasgo) recomendam a vacinação de meninas e meninos a partir dos 9 anos, e de mulheres e homens.

Vacina para Meningite

A meningite meningocócica (infecção das membranas que recobrem o cérebro) certamente está entre as doenças imunopreveníveis mais temidas. Ela é causada pela bactéria NeisseriaMeningitidis (Meningococo) e é mais grave quando atinge a corrente sanguínea,provocando meningococcemia. Infecção generalizada. De 1.500 a mais de 3 mil brasileiros são acometidos todos os anos. Pessoas não vacinadas de qualquer idade são vulneráveis, mas no Brasil a DM é mais frequente entre crianças com até 5 anos.

VACINA MENINGOCÓCICA ACWY: protege contra forma grave de meningite para quatro diferentes tipos: A, C, W e Y.

Quem deve se vacinar:

  • Crianças e adolescentes, conforme recomendações das sociedades brasileiras de Pediatria (SBP) e Imunizações (SBIm);
  • Adultos e idosos, dependendo da situação epidemiológica;
  • Pessoas de qualquer idade com doenças que aumentem o risco para a doença meningocócica;
  • Viajantes com destino às regiões onde há risco aumentado da doença.

VACINA MENINGOCÓCICA B: protege contra Meningites e infecções generalizadas (doenças meningocócicas) causadas pela bactéria meningococo do tipo B.

Quem deve se vacinar:

  • Crianças e adolescentes, conforme recomendações das sociedades brasileiras de Pediatria (SBP) e Imunizações (SBIm);
  • Adultos com até 50 anos, dependendo de risco epidemiológico;
  • Viajantes com destino às regiões onde há risco aumentado da doença.

Vacina para Herpes Zóster

Conhecido como cobreiro, esse vírus causa lesões em regiões delimitadas da pele, mais comumente no tronco. Pode ser brando, discreto e não progressivo ou bastante grave, atingindo órgãos importantes como os olhos. O mais incômodo é a dor que provoca. Difícil de controlar, ela pode durar até muitos meses depois que as lesões de pele desaparecem,atrapalhando muito a vida.

Para receber a dose da vacina, o paciente deve estar há pelo menos um ano sem a manifestação da fase aguda da doença.

Quem deve se vacinar: a vacina está licenciada para pessoas com 50 anos ou mais e é altamente recomendada para maiores 60 anos de idade.

Vacina para Hepatite A

A inflamação no fígado causada pelo vírus da hepatite A pode provocar febre, perda de apetite,cansaço, dor na barriga, enjoo, vômito e pele ou olhos amarelados (icterícia), mas em menores de 5 anos a doença pode ser assintomática. Mas todos os infectados transmitem o vírus por muito tempo, e sua eliminação pelas fezes pode contaminar objetos, água, alimentos e infectar outras pessoas.

Apesar de ter uma duração longa (até 2 meses,em alguns casos), a hepatite A geralmente resulta em cura, mas uma minoria de pessoas evolui para falência do fígado (insuficiênciahepática), o que faz com que o órgão simplesmente pare de funcionar corretamente,levando à necessidade de transplante.

Quem deve se vacinar: a vacina da Hepatite A é indicada para todas as pessoas a partir de 12 meses de vida.

Vacina para Hepatite B

O vírus da hepatite B causa inflamação no fígado. Na maioria das vezes, a doença é assintomática e será descoberta apenas quando surgirem as complicações ou quando feita investigação por meio de exame de sangue específico. Quando é sintomática, costuma causar dores musculares e de barriga, diarreia,vômitos, cansaço, perda de apetite e pele ouolhos amarelados (icterícia). Algumas pessoas tornam-se portadoras crônicas do vírus da hepatite B, e, nesses casos, além de poderem transmitir a doença, a inflamação do fígado pode evoluir para cirrose — com destruição progressiva do tecido normal do fígado — ou câncer.

Quem deve se vacinar: a vacina da hepatite B é indicada para pessoas de todas as faixas etárias. Faz parte da rotina de vacinação das crianças, devendo ser aplicada, de preferência, nas primeiras 12–24 horas após o nascimento, para prevenir hepatite crônica — forma que acomete 90% dos bebês contaminados ao nascer. É especialmente indicada para gestantes nãovacinadas, tiveram catapora) devem servacinados.